O Profeta Natã É Restaurado Na Igreja

por Gary Hargrave
Nº Publicação: 2018-0205-4PB

R$5,95

Disponível em mp3: “O Profeta Natã É Restaurado Na Igreja”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em Monte Sião, Niterói. Domingo, 4 de fevereiro de 2018. Traduzida por Silas Esteves.

O Profeta Natã É Restaurado Na Igreja

Existe um conceito bíblico que se aplica ao final dos tempos, em que Deus restaura ministérios (ou unções) específicos para fazerem o que é necessário para o retorno de Cristo. Um dos exemplos mais evidentes disso é Elias. Jesus disse que Elias tinha vindo em João Batista, e que está vindo para restaurar todas as coisas (Mateus 17:11-12), referindo-Se à profecia em Malaquias 4:5-6. A unção profética de Elias vai restaurar o coração dos pais a seus filhos e dos filhos a seus pais, para que a Terra não seja destruída pela maldição. Existem outras profecias que precisam se cumprir pela unção específica de Zacarias, Moisés, Josué (o Sumo Sacerdote), Ageu, Zorobabel, e outros. No final dos tempos, a unção dessas pessoas vai retornar em grupos de pessoas que finalizarão e cumprirão o que é necessário para que o Reino de Deus se manifeste. Mesmo com todas essas unções específicas que Deus está restaurando, o meu maior clamor nesse momento é pela restauração da unção que repousava sobre o profeta Natã. Natã tinha uma unção profética singular e específica para ministrar a reis e a líderes. Um dos maiores exemplos disso é a ministração dele ao rei David. Como líder e com a posição de rei, David endureceu o seu coração a ponto de não viver mais na simplicidade de só querer agradar ao Senhor. Ele começou a perder essa sensibilidade à voz e à vontade de Deus. O pecado dele foi do adultério ao assassinato e à mentira — mentindo principalmente a si mesmo. Foi necessária essa unção singular do profeta Natã para convencer a David de tal forma que seus olhos se abriram e ele conseguiu enxergar o seu pecado. Ele conseguiu ver que havia perdido o relacionamento que ele tinha com o Pai. Não existem dois pesos e duas medidas no Corpo de Cristo, porque Deus é um. Não existe um estilo de vida requerido por Deus aos membros do Corpo de Cristo e uma vida diferente permitida aos líderes do Corpo. Todos nós precisamos dessa sensibilidade à voz e à vontade do Pai. Jesus nos deixou um mandamento muito simples: amai-vos uns aos outros. No entanto, tem se tornado cada vez mais aceitável não amarmos e não perdoarmos uns aos outros. Nós vemos isso na divisão histórica entre Protestantes e Católicos. Aos poucos, nós fomos endurecendo os corações a ponto de não vermos que, na divisão, nós não estamos fazendo o que o Senhor nos pediu que fizéssemos. Pai, nós suplicamos que a unção de Natã seja restaurada aos líderes e ao Corpo de Cristo. Onde quer que exista cegueira, muros e resistências para vermos o problema que existe em nossos espíritos, que a unção de Natã esteja entre nós para nos convencer e para nos mostrar a verdade. Crie uma tristeza divina em nós que produza o arrependimento que nos conduz à salvação, pois nós não podemos viver sem a Sua presença.

REF: 2018-0205-4PB Categorias ,