Mostrando 1–50 de 819 resultados


Nº Publicação: 2018-0710-2PB

Disponível em mp3: “Obediência Completa”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Sábado, 7 de julho de 2018.

Obediência Completa

Esta mensagem desvenda o segredo para vivermos dias de cumprimento e de alegria no Senhor. Esse segredo encontra-se no universo da obediência completa à Palavra de Deus. Precisamos sondar em nossos corações, pelo Espírito Santo, onde falhamos em fazer o que já nos foi dito para fazermos; onde permitimos que as raposinhas roubem as vinhas (Cantares 2:15). Quando Deus coloca diante de nós oportunidades para obedecê-lo, como Ele o fez com Saul em 1 Samuel 15 -, Ele exige de nós uma obediência completa. O “quase” não é suficiente, pois são as “pequenas raposinhas” que deliberadamente mantemos em nossos corações que nos treinam nos caminhos de outros deuses e nos impedem de aprofundarmos o nosso relacionamento com Deus. Portanto, diante das oportunidades de eliminarmos pequenas tendências, paixões, pensamentos e vícios, vamos exterminar tudo por completo. A obediência completa a Deus é o nosso alvo nesses dias. Esse é o único caminho para dias de vitória e cumprimento que tanto desejamos.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0707-2PB

Disponível em mp3: “Uma Palavra Para Jovens Profetas: Deus Quer Ser O Seu Foco”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em Shiloh, IA. Sábado, 30 de junho de 2018. Traduzida por Débora Batista.

Uma Palavra Para Jovens Profetas: Deus Quer Ser O Seu Foco

Em uma Palavra para a Escola de Jovens Profetas, eu falei acerca da importância de se ter uma fome por Deus e pela Palavra Dele. Deus abençoou essa geração com uma abundância de energia e tempo, e por isso esses jovens estão mais aptos para conseguir buscá-Lo. No entanto, quando eles passam por esse período em suas vidas, a tendência é se distraírem com outras coisas além de Deus. Deus disse aos israelitas que quando eles entrassem na abundância da terra prometida, eles não seguiriam os deuses dos povos que habitavam ao seu redor (Deuteronômio 6:14). Nós, da mesma forma, somos influenciados por uma esfera espiritual em que há seres que parecem mais fortes do que nós. Ao sermos batizados no Espírito Santo, devemos pedir ao Senhor percepção e discernimento sobre as esferas naturais e espirituais que influenciam nossas vidas diárias. Deus é mais poderoso do que todos esses outros espíritos e, quando fazemos de Deus o nosso único foco, Ele lida com eles por nós.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0706-8PB

Disponível em mp3: “A Nossa Sobrevivência É Baseada Na Obediência”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em Shiloh, IA. Sexta-feira, 29 de junho de 2018. Traduzida por Estêvão Rolando.

A Nossa Sobrevivência É Baseada Na Obediência

Avançando como uma escola de profetas, nós começaremos a entrar em batalha espiritual contra principados e potestades mais poderosos do que nós (Números 13:31-33). Esta Palavra nos mostra que à medida que saímos de um posicionamento em que estamos relativamente seguros em nosso caminhar com Deus e passamos por um caminho em que possamos ser afetados, a nossa obediência ao Pai determinará vida ou morte. Nós iremos nos deparar com mentiras acerca da Palavra de Deus e do próprio Pai que irão tentar nos enganar até sermos desobedientes e até perdermos a proteção de Deus. No entanto, assim como aconteceu com Josué e os israelitas quando eles conquistaram a terra prometida, nós precisamos confiar na palavra confirmada de Deus. Senhor, dê-nos olhos para ver e entender o padrão da batalha espiritual, e mostre-nos como escrever a Palavra em nossos corações e mentes à medida em que trazemos à luz o Reino de Deus.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0706-6PB

Disponível em mp3: “Obediência: O Padrão De Deus Para O Julgamento”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em Shiloh, IA. Sexta-feira, 29 de junho de 2018. Traduzida por Milca Queres.

Obediência: O Padrão De Deus Para O Julgamento

Esta Palavra esclarece o que devemos ser como escola de profetas e o porquê. Deus está buscando um povo através do qual Ele possa distinguir entre aqueles que O servem e aqueles que não O servem. Deus é um juiz justo e misericordioso, e só há um fator que evidencia essa diferença e que importa para Ele: obediência. Este é a base do julgamento de Deus. Quando Israel partiu para possuir Canaã, vitória ou derrota dependia diretamente da obediência deles (Josué 5:1-11). Quando Deus enviou Moisés ao Egito, ele conseguiu executar os julgamentos de Deus por causa de sua obediência. Assim como Moisés e a nação de Israel, a escola de profetas precisa ser um exemplo de obediência que Deus possa usar como um padrão. Você quer estar sob o Senhorio de Jesus Cristo? Você quer estabelecer o Reino de Deus? Só há uma maneira: torne-se e permaneça obediente. Você já foi capacitado. Agora seja obediente.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0706-4PB

Disponível em mp3: “Arrependa-se Para Remover A Desobediência”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em Shiloh, IA. Quinta-feira, 28 de junho de 2018. Traduzida por Estêvão Rolando.

Arrependa-se Para Remover A Desobediência

Nós iniciamos a Escola de Profetas em Shiloh com uma Palavra sobre arrependimento, baseada na história da Páscoa. Ao nos tornarmos uma comunidade profética e uma escola de profetas, nós vamos experimentar a mesma coisa que Moisés fez com Faraó e com os deuses do Egito. Julgamento não é algo que nós executamos; mas nós iniciamos julgamento. Assim como Deus julgou as esferas física e espiritual através de Moisés, nós também vamos nos mover na Terra com discernimento e profecia, e assim impactar toda a criação. A Páscoa também nos mostra a graça de Deus; Deus mostrou a cada um dos deuses que presidiam sobre o Egito, que Ele era mais poderoso do que todos eles, e lhes deu uma chance de se curvarem a Ele. Quando chegou a hora da libertação dos israelitas, Deus disse a Moisés: “É chegada a hora”. Da mesma forma, Deus está nos dizendo: “É chegada a hora”. A história de Moisés na Páscoa nos ensina mais uma importante lição. Antes de conseguirmos nos mover como profetas de Deus na Terra, nós precisamos entronizar a Deus como nosso Senhor fazendo aquilo que Ele nos direcionou a fazer. Para Moisés, havia somente uma aliança capaz de fazer com que Deus fosse o Deus dele e do povo: a aliança com Abraão. Moisés, no entanto, não havia circuncidado os seus filhos. Como consequência, Deus quis matá-lo (Êxodo 4:24). Nós temos que sondar os nossos corações para identificarmos onde violamos o que Deus nos pediu para fazermos. Nós não conseguiremos ser uma escola de profetas a não ser que nos arrependamos e façamos aquilo que Deus nos direcionou a fazer. Senhor, abra os nossos olhos e os nossos corações; corrija-nos, para que possamos avançar e projetar os Seus filhos para o Reino.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0706-2PB

Disponível em mp3: “Remova O Espírito De Saul Da Escola De Profetas”. Mensagem ministrada por Silas Esteves & Gary Hargrave em Shiloh, IA. Domingo, 24 de junho de 2018. Traduzida por Débora Batista.

Remova O Espírito De Saul Da Escola De Profetas

Esta Palavra nos prepara para a escola de profetas através de um intenso arrependimento pessoal. Por muito tempo temos permitido que os principados e potestades que regem sobre esta era nos treinem e nos condicionem a vivermos de uma certa forma. Cantares de Salomão 2:15 diz: “Apanhai-me as raposas, as raposinhas, que fazem mal às vinhas, porque as nossas vinhas estão em flor.” Essa passagem mostra a atitude que devemos ter em relação às coisas da esfera espiritual que influenciam as nossas vidas. Mesmo que as raposinhas pareçam ser inofensivas, elas precisam ser completamente exterminadas se quisermos ser a escola de profetas que Deus disse que devemos ser. Como aprendemos desde o início, nós precisamos viver sob o Senhorio de Jesus Cristo e rejeitar nos submetermos a qualquer outra influência. Um espírito que rejeita correção paira sobre as nossas igrejas. Embora sejamos vasos imperfeitos que precisam de quebrantamento em nosso relacionamento com o Senhor, nós achamos que temos uma posição importante demais para sermos corrigidos. Mas até mesmo Davi, embora fosse o rei, precisou ser quebrantado por Deus em seu espírito. E foi isso que fez com que ele fosse um excelente rei, e Saul foi o oposto — Saul mantinha uma imagem de religiosidade a despeito da sua desobediência descarada ao que Deus lhe ordenara. Nós profetizamos contra esse espírito religioso que protege a nossa desobediência, tornando-nos intocáveis e incorrigíveis; e nós nos submetemos ao Senhorio de Jesus Cristo o qual nos torna uma escola de profetas.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0703-2PB

Disponível em mp3: “O Deus Que Se Manifesta Como Um Pai”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em Maui, HI. Domingo, 17 de junho de 2018. Traduzida por Estêvão Rolando.

O Deus Que Se Manifesta Como Um Pai

Esta mensagem de Dia dos Pais nos abre um novo nível de um relacionamento real com Deus como nosso Pai. Em I Crônicas 29, Davi exalta as inúmeras características maravilhosas de Deus. Mas em primeiro lugar, Davi diz: “Bendito és Tu, Senhor, Deus de Israel, nosso Pai, de eternidade em eternidade”. Ele reconheceu que acima de todas as coisas, Deus é nosso Pai. Precisamos reconhecer que tudo que Deus está fazendo se revela nesse relacionamento conosco como Pai. Nós vemos este padrão nas Escrituras. Quando Deus julgou os deuses do Egito, Ele estava conduzindo os filhos Dele a um relacionamento com Ele. Quando Deus trouxe à luz a salvação, Ele o fez através de um relacionamento de Pai e Filho. E daquele momento até hoje, Deus como nosso Pai está trazendo à luz o Reino Dele através de um relacionamento com os Seus filhos. Hoje, adoramos a Deus por tudo que Ele é. Ele é poderoso, Ele é maravilhoso – além de qualquer explicação e compreensão. Ele está sobre todas as coisas e criou todas as coisas, mas Ele escolhe Se relacionar conosco como nosso Pai. Permita que isso seja muito real e pessoal. Pai, ajuda-nos a ver que em tudo que fazes, o Senhor está nos conduzindo a um relacionamento pessoal Contigo como nosso Pai.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0620-4PB

Disponível em mp3: “O Ministério Do Corpo De Cristo”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Domingo, 17 de junho de 2018.

O Ministério Do Corpo De Cristo

Estamos entrando em dias da manifestação do Corpo De Cristo na Terra. No entanto, para nos movermos como Corpo de Cristo, temos que eliminar a independência que existe em nós, porque o poder de Jesus Cristo será revelado através de nós. Precisamos da autoridade que já nos foi dada por Jesus, para nos movermos no nível do espírito. Ao fazermos isto, seremos parte das respostas de que a Terra precisa.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0620-2PB

Disponível em mp3: “O Foco De Jesus É O Pai”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Sábado, 16 de junho de 2018.

O Foco De Jesus É O Pai

O centro e o foco da vida de Cristo é o Pai. O papel do Filho sempre será nos revelar o Pai e nos reconciliar com Ele. Jesus é a porta para conhecermos a Deus (João 10:8) mas, se ficarmos estagnados na porta e não entrarmos na presença de Deus, nós não estaremos honrando o sacrifício de Cristo por nós, o sacrifício do Pai de entregar Seu Filho por nós. Precisamos ter uma nova consciência do Pai através da Palavra, a verdade que é o próprio Cristo. A nossa fome pela verdade nos conduzirá a vivermos na presença do Pai.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0613-6PB

Disponível em mp3: “Casamento De Pedro E Mariana: O Milagre Da Gentileza”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Domingo, 10 de junho de 2018.

Casamento De Pedro E Mariana: O Milagre Da Gentileza

O casamento é criado por Deus, que é amor, e é alimentado diariamente pela gentileza do marido pela esposa e da esposa pelo marido. É o milagre da gentileza e da ternura que abrem um novo dia no casamento, com amor ardente um pelo outro, crendo que o Espírito Santo dá o entendimento e a sabedoria, e nos limpa de todo passado.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0613-4PB

Disponível em mp3: “”Quem Os Condenará?” — Romanos 8:34″. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Domingo, 10 de junho de 2018.

“Quem Os Condenará?” — Romanos 8:34

A sabedoria de Deus é para trazer à sua consciência a razão da sua vocação Nele. É ter a mente de Cristo, não se conformar com este mundo, mas ser transformado pela renovação do seu entendimento (Romanos 12:2). Satanás, o acusador dos irmãos, sempre traz condenação, e as tentações vêm ou através dos pecados ou através da religião. Mas quem o condenará? É Deus quem o justifica! (Romanos 8:33-34). Você tem a mente de Cristo (1 Coríntios 2:16), predestinado para ser feito conforme à imagem Dele (Romanos 8:29). O acusador não faz você se sentir assim, mas a Bíblia, a Palavra de Deus, o faz pensar assim e se sentir assim. Peça ao Espírito Santo, todos os dias, que o transborde da Palavra de Deus e mantenha a sua mente sintonizada nela. O poder do sangue de Cristo e o Espírito Santo em sua vida são mais fortes do que a constante sensação de erro e culpa dos condicionamentos do passado que Deus já lançou no mar do esquecimento.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0613-2PB

Disponível em mp3: “Lavados Da Má Consciência”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Sábado, 9 de junho de 2018.

Lavados Da Má Consciência

O Senhor tem nos falado sobre a Sua sabedoria. A sabedoria de Deus é sabermos quem somos para Ele e para a Sua família. No entanto, parte do problema que enfrentamos encontra-se dentro de nós, pois não permitimos que nada e nem ninguém se aproxime do nosso íntimo, que está repleto da consciência do pecado. Precisamos dar espaço ao Espírito Santo para que Ele nos conduza ao conhecimento da sabedoria de Deus que nos liberta da má consciência do pecado e da culpa. Assim, não viveremos sobre o tormento das coisas passadas, mas estaremos prontos para o novo dia que Deus está criando (Isaías 43:18-19).

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0607-4PB

Disponível em mp3: “A Batalha Contra A Sabedoria”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em Maui, HI. Domingo, 3 de junho de 2018. Traduzida por Silas Esteves.

A Batalha Contra A Sabedoria

Esta mensagem nos projeta a uma busca pela sabedoria de Deus e nos prepara para sermos uma escola de profetas. Ao saber sobre a fé que havia na igreja em Éfeso, Paulo orou para que se abrissem os olhos do entendimento de todos eles, para que pudessem conhecer a esperança da sua vocação (Efésios 1:18). Nós também precisamos que os nossos corações sejam iluminados, pois precisamos ter entendimento para que possamos ser embaixadores de Deus e cumprir os Seus propósitos. Existe uma batalha contra a sabedoria e o conhecimento. Nós vivemos em um estado de passividade sem perceber a importância de buscarmos essa sabedoria. Pode dar a impressão que o lado negativo do mundo espiritual tem sabedoria, mas a Bíblia diz que “se tivessem sabedoria não teriam crucificado o Senhor da glória” (I Coríntios 2:8). A única forma de recebermos tal entendimento é através do Espírito Santo (I Coríntios 2:11). Deus tem escondido a sabedoria e o conhecimento, mas Ele está pronto a nos dar sabedoria através do Espírito Santo. Ele vai nos dar o tudo que for necessário para sermos Seus instrumentos. Senhor, liberte-nos da nossa ignorância! Abra os olhos do nosso coração. Deus nos ama profundamente. É hora de nos arrependermos da passividade que temos tido em relação à nossa ignorância e chegou a hora de nos tornarmos Seus filhos maduros.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0607-2PB

Disponível em mp3: “O Fim Da História: Todas As Coisas Sujeitas Ao Pai”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em Maui, HI. Domingo, 27 de maio de 2018. Traduzida por Silas Esteves.

O Fim Da História: Todas As Coisas Sujeitas Ao Pai

Qual é o objetivo do nosso caminhar com Deus? Esta mensagem nos dá a resposta. Paulo escreve: “Então virá o fim, quando Ele (Cristo) entregar o Reino a Deus, o Pai” (I Coríntios 15:24). Deus prometeu que o Reino Dele se manifestaria na terra, mas como chegaremos lá? Isso tem que acontecer na ordem de Deus, o que significa que deve acontecer de acordo com a ordem divina de autoridade de Deus em um processo específico e sequencial. Para que o Reino se manifeste, precisa haver uma ordem divina perfeita estabelecida. Cristo é os primeiros frutos (1 Coríntios 15:20) porque Ele foi aperfeiçoado em obediência, e o Reino é feito de obediência. Cristo veio com um coração focado em fazer a vontade do Pai. O Pai ressuscitou a Cristo e O assentou a Sua destra, acima de todas as outras forças espirituais e naturais. No final, todas as coisas estarão sujeitas a Cristo e então Ele, em Seu livre arbítrio, colocará todas as coisas em submissão ao Pai (1 Coríntios 15:28). Neste momento, no entanto, nem todas as coisas estão sujeitas a Cristo. No estabelecimento do Reino, à medida que os principados e potestades são desalojados, eles precisam ser substituídos por uma verdadeira ordem em submissão a Cristo.Nós nos encaixamos bem aí porque Deus nos usará para substituirmos os espíritos desobedientes e rebeldes. Ele usa as coisas simples para confundir os sábios (1 Coríntios 1:27). Deus está nos preparando para esse passo, pois não podemos desalojar estes seres espirituais a não ser que nós, em nosso livre arbítrio, sejamos obedientes e submissos a Cristo. Pela graça de Deus, Ele opera essa preparação em nós.Eu abençoo isso aos nossos corações, e oro para que tenhamos olhos para ver o que Deus está fazendo. O propósito real de Deus é nos conduzir nesse processo de estabelecer o Reino Dele. Senhor, ajude-nos nisso, e oramos como o Senhor nos ensinou a orar para que o Seu Reino seja estabelecido na terra como é nos céus.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0606-4PB

Disponível em mp3: ‘”(…) Não Fui Desobediente À Visão Celestial” — Atos 26:19’. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Domingo, 3 de junho de 2018.

“(…) Não Fui Desobediente À Visão Celestial” — Atos 26:19

Esta mensagem é um chamado para assumirmos um novo posicionamento de obediência ao Senhorio de Cristo, firmados na unidade, a fim de termos a autoridade necessária para anunciarmos o evangelho do Reino a toda criatura, seja na esfera natural ou na esfera espiritual. Diante do Rei Agripa, Paulo afirmou: “não fui desobediente à visão celestial” (Atos 26:19). Essa é a postura de uma comunidade profética em cujos corações arde uma visão celestial. Dessa forma, veremos o governo de Deus sendo evidenciado, através de nós, no governo da nossa nação.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0606-2PB

Disponível em mp3: “Shabbat — Confie No Senhor E Cuide Do Seu Irmão”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Sexta-feira, 1 de junho de 2018.

Shabbat — Confie No Senhor E Cuide Do Seu Irmão

Em Êxodo 20:8, o Senhor nos ordena a guardarmos o sábado, pois é um dia santo. Ao celebrarmos o Shabbat, nós estaremos entrando em uma nova dimensão de confiança em Deus. E, nessa dimensão de descanso, nós vivemos em amor, alegria, e cuidado uns com os outros. Nisso se manifesta Deus, pois a essência do Shabbat é a atmosfera de família.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0605-2PB

Disponível em mp3: “Cuidadores Segundo O Coração De Deus”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em Honolulu, HI. Quarta-feira, 23 de maio de 2018. Traduzida por Silas Esteves.

Cuidadores Segundo O Coração De Deus

À medida que o Reino de Deus vem sobre a Terra, Deus nos usa para desalojar principados e potestades que estão determinados a não servir o Senhorio de Jesus Cristo. Primeiro, Ele nos liberta do domínio das trevas e nos coloca no Reino do Seu amor, em submissão ao Seu Senhorio. Depois, Ele diz: “Eu os tornarei Meus filhos. Eu os transformarei à Minha imagem”. Ele nos conduz a um nível em que podemos desalojar as forças que se rebelaram contra Ele. Quando Deus criou o homem, Ele o colocou como um cuidador do Jardim do Éden para cultivá-lo e guardá-lo (Gênesis 2:15). No Novo Testamento, a raça humana foi comissionada para levar o Evangelho a toda criação. Parece ser um comissionamento diferente, mas aquilo para o qual Deus nos criou não mudou; Ele nos criou para cuidarmos da criação. Bons cuidadores cultivam e fazem melhorias na terra, e é esse o coração de Deus para a criação. A desobediência de Adão e Eva no Éden deixou o Jardim desprovido de seus cuidadores. Aquele papel foi usurpado por forças espirituais rebeldes e desobedientes. No entanto, Deus prometeu em Jeremias 23:1-5 que Ele os castigaria pelo mal que fizeram e levantaria pastores corretos. Deus dará a toda criação cuidadores segundo o coração Dele. Como cuidadores, precisamos chegar ao ponto de sabermos quem somos e de sermos objetivos. Ao contrário de Tiago e João que, quando desafiados pelos Samaritanos queriam chamar fogo dos céus, não podemos reagir negativamente às coisas no mundo espiritual e natural quando elas nos desafiam em sua ignorância e imaturidade. Nós somos os embaixadores que conduzirão toda a criação a se submeter ao Senhorio de Jesus Cristo. Nós não sabemos quais espíritos serão salvos e quais não serão salvos. Quantas vezes nós, em nossa imaturidade, já nos rebelamos contra Deus no nosso próprio caminhar com Ele? Eu quero que encontremos no mais profundo dos nossos próprios espíritos esse coração lindo que Deus criou no ser humano: o coração que está determinado a cuidar da criação Dele de tal forma que esta se torne tudo aquilo que Deus planejou que a criação fosse.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0530-4PB

Disponível em mp3: “Finalmente, O Senhorio De Cristo!”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Domingo, 27 de maio de 2018.

Finalmente, O Senhorio De Cristo!

Desde a celebração da Festa de Pentecostes, estamos em uma jornada rumo ao Senhorio de Cristo: sem edição, sem máscaras, sem restrições; finalmente, o Senhorio de Cristo! Quais são os nossos valores, os nossos tesouros? Será que são os mesmos valores de Cristo? Ou será que estamos vivendo do jeito que parece certo aos nossos próprios olhos? Precisamos reconhecer que, assim como o jovem rico descrito em Mateus 19, estamos apegados aos nossos próprios valores e precisamos nos perguntar: “O que falta em nós, do Senhorio de Cristo?”. Hoje, o apelo à mesa da Ceia é reavaliarmos esses nossos valores e o que consideramos importante, para nos entregarmos, por completo, ao Senhorio Dele. A partir dessa entrega, veremos as nações sendo conduzidas à autoridade do Reino de Deus e do Seu Cristo.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0530-2PB

Disponível em mp3: “Entre Pelo Portal De Pentecostes”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Sábado, 26 de maio de 2018.

Entre Pelo Portal De Pentecostes

A partir da celebração da Festa de Pentecostes, entramos pela porta, que é o próprio Cristo, de nos apegarmos à Palavra de Deus. E como fazemos isso? Por amor a Cristo, pois Ele mesmo nos diz: “Se me amais, guardareis os meus mandamentos” (João 14:15). Amar é obedecer, é ouvir a Palavra e agir de acordo com ela. Essa experiência de nos apaixonarmos pela Palavra nos posiciona para uma vida completamente diferente, uma vida de vitória, pois a única força permanente que existe no universo é a Palavra de Deus.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0522-2PB

Disponível em mp3: “O Verdadeiro Ministério Da Igreja: Embaixadores Para Toda A Criação”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em Honolulu, HI. Domingo, 22 de abril de 2018. Traduzida por Milca Queres.

O Verdadeiro Ministério Da Igreja: Embaixadores Para Toda A Criação

O grande comissionamento é algo muito maior do que compreendemos. Quando Cristo comissionou os discípulos a pregarem o evangelho a todo o “mundo”, Ele usou a palavra grega “kosmos”, a qual se refere a toda a criação, e não somente à humanidade (Marcos 16:15). A criação inclui tudo o que Deus criou — os céus e a Terra, com autoridades espirituais que governam sobre outras. Por causa da desobediência que ocorreu no Jardim do Éden, os seres humanos ficaram sujeitos a governantes e a autoridades além de Deus. Da mesma forma, outras autoridades espirituais ficaram sujeitas ao domínio das trevas. Cristo veio para retirar toda a criação de debaixo do domínio das trevas. Na salvação, Deus nos deu o ministério da reconciliação. Nós precisamos executar reconciliação não somente desse mundo como também da esfera espiritual. Nós somos embaixadores de Cristo, que devem trasladar toda a criação do domínio das trevas para o Reino do Seu Filho amado (Colossenses 1:13). Em Lucas 10, quando os discípulos retornaram após pregarem o Evangelho, Cristo e os discípulos entenderam a realidade espiritual que estava acontecendo quando demônios se sujeitaram e satanás caiu do céu. A nossa luta não é conduzir pessoas a crerem no Evangelho, mas sim assumir o controle sobre as forças que as mantêm escravizadas — e Deus vai nos ensinar e nos equipar a fazer isso!

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0518-2PB

Disponível em mp3: “O Filho É Controlado Pelo Amor”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Domingo, 28 de outubro de 2007.

O Filho É Controlado Pelo Amor

Colossenses 1:13 é o retrato da transição em que nos encontramos. O Pai determinou que este é o tempo de sermos trasladados do reino das trevas para o Reino do Filho do Seu Amor; de um estado de escravidão para um estado de filiação. Agora, é necessário quebrarmos os laços com a mentalidade de escravo e recebermos a provisão Divina através da qual nos tornamos e vivemos como filhos controlados pelo amor.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0516-8PB

Disponível em mp3: “O Relacionamento Com O Pai É A Resposta”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Domingo, 18 de março de 2007.

O Relacionamento Com O Pai É A Resposta

A presença do Pai é a atmosfera onde podemos depor as nossas armas, onde se encontram as respostas que buscamos. O relacionamento com os nossos pais naturais e espirituais devem nos ensinar e nos conduzir ao relacionamento com o Pai Celestial. Hoje, fomos absolvidos do distanciamento e da resistência, jogamos fora todas as interpretações mentirosas, nascidas da nossa imaturidade e nos lançamos, sem medo, na busca por esse relacionamento com o Pai.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0510-2PB

Disponível em mp3: “Nós Fomos Resgatados Para O Reino De Deus”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em Maui, HI. Domingo, 15 de abril de 2018. Traduzida por Vicente Souza.

Nós Fomos Resgatados Para O Reino De Deus

Deus está nos conduzindo a nos tornarmos o próximo passo de uma escola de profetas e nós precisamos entender que Ele está nos tirando do domínio de qualquer outra autoridade espiritual. Quando Deus libertou os israelitas do domínio do Egito, Ele não estava somente tirando-os do controle de Faraó. Ele estava libertando Israel do domínio de outros deuses, ou como a Bíblia diz em hebraico, “elohim” (Êxodo 12:12). Eram esses outros deuses que mantinham os israelitas na escravidão. Como foi que nós, como seres humanos, nos sujeitamos a esses deuses? Nós estamos sujeitos àquilo que obedecemos. Quando Adão e Eva obedeceram a satanás no Jardim do Éden, satanás se tornou o senhor deles. Deus havia dado autoridade ao ser humano sobre o nível físico da Terra, por isso quando Adão e Eva obedeceram a satanás, o senhorio de toda a criação foi transferido para satanás. Na salvação, Deus nos libertou do domínio das trevas e de outros deuses para o Reino de Deus (Colossenses 1:13). Através da morte na cruz e da Sua ressurreição, Cristo nos reconciliou com o Pai. Porém, nós ainda somos escravos dos deuses aos quais obedecemos. Se não tivermos o cuidado de obedecermos a Deus, nós repetimos esse mesmo ciclo e voltamos a servir a outros deuses. Ao estar sob o domínio de Deus, o foco é permanecer ali, tendo Deus como nosso Deus. Eu abençôo essa Palavra aos nossos corações. Senhor, continue a desvendar essa Palavra para nós e abra o nosso entendimento para ela. Permita-nos ver o que a Sua salvação realmente significa. Permita-nos viver sob o Seu domínio. Obrigado, Pai, por nos trazer a esse ponto. Obrigado por essa incrível salvação que o Senhor nos dá. Nós estamos determinados a permanecer sob o Seu domínio.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0504-2PB

Disponível em mp3: “Uma Experiência Pessoal De Páscoa”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em Maui, HI. Domingo, 8 de abril de 2018. Traduzida por Débora Batista.

Uma Experiência Pessoal De Páscoa

A Páscoa é pessoal. Quando o povo de Israel estava prestes a deixar o Egito, cada casa teve que obedecer e executar as instruções do Senhor colocando o sangue no umbral das portas e permanecendo dentro de suas casas, sob cobertura. Eles precisam se apropriar da provisão e a obediência deles iniciou o julgamento bem como os protegeu dele. A nossa experiência com a salvação de Cristo é tão pessoal quanto a experiência do povo de Israel no Egito, e nós vemos o quão verdadeiro isso é quando lemos sobre a experiência pessoal de Pedro durante a Páscoa. Pedro negou o Senhor no momento do Seu sofrimento imediatamente após ter prometido que nunca O deixaria. Depois de perceber o que havia feito, Pedro chorou amargamente e se arrependeu. Cristo não rejeitou a Pedro. Cristo não somente o perdoou, como também apareceu primeiro a Pedro após a ressurreição para que Pedro pudesse saber que seu arrependimento foi ouvido. O propósito do que Pedro experimentou foi para que nós pudéssemos compreender realmente a profundidade do perdão de Deus a nós. Nós precisamos desse aspecto da experiência da Páscoa. Nós passamos por muitas coisas no nosso caminhar com Deus que nos fazem sentir que não há como sermos perdoados ou não tem como nos livrarmos do que fizemos. O perdão em que cremos ainda não é profundo o suficiente em nossos próprios corações para termos certeza absoluta, sem a menor sombra de dúvida, que seja lá o que tenhamos feito ou passado, neste sacrifício da Páscoa, nós somos absoluta e completamente perdoados. Existe um perdão absoluto e completo na salvação que vem a nós na Páscoa. Permita que isso lave a sua mente, e as suas memórias; não se lembre do que Deus já esqueceu. Não ressuscite coisas que Ele já lavou pelo sangue e sacrifício Dele. Ele quer aparecer a você. Pare de tentar fazer tudo na sua própria capacidade, e comece a viver na provisão dessa experiência.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0425-6PB

Disponível em mp3: “O Fim Da Síndrome Do Isolamento”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Domingo, 22 de abril de 2018.

O Fim Da Síndrome Do Isolamento

“Pois há muitos membros, mas um só corpo. O olho não pode dizer à mão: não tenho necessidade de ti!” (1 Coríntios 12:20-21). Precisamos da consciência de que somos parte uns dos outros e temos necessidade uns dos outros. O estado de isolamento e de independência em que escolhemos viver nos causa muitos problemas e nos coloca em perigo. O próprio Cristo advertiu a Pedro quando ele se recusou a ser lavado: “Se eu não te lavar, não tens parte comigo” (João 13:8). Não podemos querer ser parte do Corpo de Cristo, sem nos abrirmos para sermos parte uns dos outros. A marca de uma comunidade profética é sermos parte uns dos outros, pois a unção de Cristo está no Corpo de Cristo e não em indivíduos isolados, independentes. À mesa da Ceia, confessamos essa síndrome de independência e tomamos a iniciativa de planejar mudanças, começando dentro de casa, para sairmos do isolamento e sermos parte do Corpo de Cristo.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0425-4PB

Disponível em mp3: “O Fim Do Principado Da Fachada”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Sábado, 21 de abril de 2018.

O Fim Do Principado Da Fachada

Como comunidade profética, estamos à busca da restauração da Igreja como a família bendita do Pai, guiada pelo Espírito Santo, nos detalhes. Mas, o que tem nos impedido? As fachadas com as quais nos revestimos, “pois pusemos as mentiras por nosso refúgio, e debaixo da falsidade nos escondemos” (Isaías 28:15). Perdemos a habilidade de vivermos com os corações desnudados com quem quer que seja, pois tememos ser julgados. Contudo, o caminho para a nossa unidade, como família, está em termos os corações desnudados. Precisamos sair do esconderijo das fachadas e, como verdadeiros cristãos, nos refugiarmos em Cristo, a Verdade. Como será o Cristianismo sem máscaras?Como serão os nossos lares, os casamentos? Vamos descobrir! A chave é pedirmos, a cada dia, ao Espírito Santo que nos ajude a enxergar onde estamos nos refugiando nas fachadas, para que Ele nos conduza à verdadeira libertação que vem de nos abrirmos uns para os outros e falarmos a verdade.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0425-2PB

Disponível em mp3: “Casamento De João Vitor E Carolina: Vivam Em Novidade De Vida!”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Sábado, 14 de abril de 2018.

Casamento De João Vitor E Carolina: Vivam Em Novidade De Vida!

Não há nada mais importante em um casamento do que um coração quebrantado. Quando o coração endurece, o amor esfria. Mas, o quebrantado de coração trata o outro com delicadeza, respeito, entrega e amor ardente. Nesses termos, o casamento do Reino é a grande oportunidade para uma mudança de natureza. É uma experiência de batismo em que você morre para si mesmo e renasce para viver em uma novidade de vida em que Cristo é alimentado e amadurecido em você pelo o outro; onde cada um coopera para que o outro seja criado à imagem de Cristo. A entrega de um ao outro como ao próprio Cristo, conduz o casal ao amadurecimento e à unidade. É a experiência de um batismo em uma nova vida: a vida da maturidade do casal, a vida da unidade!

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0420-2PB

Disponível em mp3: “Viva A Experiência Da Ressurreição De Cristo Hoje!”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em Maui, HI. Domingo, 1 de abril de 2018. Traduzida por Estêvão Rolando.

Viva A Experiência Da Ressurreição De Cristo Hoje!

A ressurreição de Cristo é o fundamento da nossa fé cristã. No contexto das festas bíblicas, esta é a festa em que os sacerdotes acenavam o feixe dos primeiros frutos dos grãos diante do Senhor, e isso aconteceu no dia da ressurreição. Nós precisamos reconhecer que Cristo, os primeiros frutos, era apenas um grão naquele feixe. O poder da ressurreição foi o maior poder já liberado no universo. Não bastava que Cristo morresse na cruz. A eficácia de Sua morte foi expressada no poder de Sua ressureição. Desde então, o processo de ressurreição tem continuado e está disponível para nós. Esse poder deveria impactar as nossas vidas aqui, hoje e agora. O poder da ressureição produz três resultados: nos torna santos, inculpáveis e livres de qualquer acusação (Colossenses 1:22). Nós fomos feitos santos. Nós fomos libertos de todos os espíritos opressores que nos mantinham em escravidão e pecado. Através da ressurreição de Cristo, nós fomos transportados do reino das trevas para o Reino do Filho do Seu amor. Nós também nos tornamos inculpáveis, ou seja, estamos livres de qualquer culpa. Não há mais razão alguma para punição ou julgamento; podemos permanecer na presença do Pai, cobertos pelo sangue do Cordeiro. A ressurreição também nos faz irrepreensíveis. Ninguém pode nos acusar ou nos fazer parecer culpados. É isso que faz a vida eterna parecer divertida – a cada manhã, nós acordaremos santos, inculpáveis e irrepreensíveis. Eu abençoo este dia para ser real para você. Muito pode ser dito acerca da ressurreição e do poder de Cristo, mas se não reconhecermos o quanto isso muda as nossas vidas a cada minuto, tudo perde o sentido. Pai, obrigado por ressuscitar o Seu Filho, e nós buscamos a realidade desse poder para nós hoje.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0419-2PB

Disponível em mp3: “O Senhorio De Cristo É O Sinal Da Sua Libertação”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Domingo, 15 de abril de 2018.

O Senhorio De Cristo É O Sinal Da Sua Libertação

Nestes dias entre Páscoa e Pentecostes, isto lhe será por sinal de que você foi liberto do domínio de outros deuses: o Senhorio absoluto de Cristo na sua vida (Êxodo 3:12). Deus não o liberta para que você use da liberdade como lhe apraz, mas Ele dá a oportunidade para que você possa viver, voluntariamente, sob o domínio de Cristo em todos os aspectos da sua vida. Portanto, busque a Deus nesses dias e pergunte-se: “quais são as forças que ainda me controlam? O que não me permite abraçar o sinal da presença de Deus?”. É preciso que você lide com as áreas de resistência em seu coração da mesma forma que Pedro o fez quando afirmou que jamais iria negar a Cristo, mas O negou (Mateus 26:33-34). É hora de ação, invista tempo com o Espírito Santo e reveja o quanto você realmente deseja o Senhorio de Cristo na sua vida.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0417-6PB

Disponível em mp3: “Páscoa — O Julgamento Dos Deuses”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em Maui, HI. Sábado, 31 de março de 2018. Traduzida por Estêvão Rolando.

Páscoa — O Julgamento Dos Deuses

Quando Deus abre a porta para celebrarmos uma festa bíblica, Ele está abrindo a porta para termos uma experiência hoje que inclui a profunda realidade espiritual dessas festas. Na noite em que os israelitas estavam para deixar o Egito, Deus os instruiu a colocar o sangue do cordeiro no umbral das portas e lhes disse: “nenhum de vós saia da porta da sua casa até pela manhã” (Êxodo 12:22). Qual foi a realidade espiritual por trás dessa instrução? Deus estava Se preparando para passar pela terra executando julgamento sobre todos os deuses do Egito (Êxodo 12:12). Ele queria que o povo Dele permanecesse em suas casas, onde eles estavam debaixo da proteção e do domínio de Deus. A libertação dos israelitas da escravidão sob Faraó foi apenas um aspecto da experiência da Páscoa. A realidade no nível do espírito era que eles estavam sob domínio de outros deuses, outros elohim (deuses). A única forma que Deus poderia libertá-los era trazendo-os para a Sua esfera de influência, em Seu Reino, sob o Seu domínio. É assim que a Páscoa funciona, e essa é a mesma realidade que Deus quer para nós hoje. Deus está determinado a julgar os elohim (deuses) que nos mantêm em escravidão, mas primeiro Ele está nos pedindo: “Venha para a Minha casa! Venha ao Meu Reino. Saia da esfera de influência desses outros deuses. Feche o acesso para a influência deles. Venha para a Minha influência! Eu quero você sob Mim, sob o Meu domínio e sob o Meu Senhorio!”. Nesta Páscoa, nós fazemos com que Deus seja a nossa habitação. Nós trazemos os nossos espíritos para debaixo do domínio do Senhorio Dele. À medida que regermos com Ele, veremos todos os outros deuses sendo confrontados com a verdade de que o Deus de Israel é o Deus dos deuses. Este é o julgamento da Páscoa.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0417-4PB

Disponível em mp3: “As Lições Da Páscoa”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em North Hills, CA. Sábado, 24 de março de 2018. Traduzida por Milca Queres.

As Lições Da Páscoa

Ao encerrarmos o Shabbat Hagadol, nós concentramos o nosso foco em Pesach, a Festa da Páscoa, e sua importância como peça central da fé do povo judeu, assim como da nossa. A história de como Deus se relacionava com Moisés e o preparou para liderar os israelitas aplica-se de forma real nessa geração. Pesach significa um tempo em que Deus ouve o clamor do Seu povo. Ele responde as nossas orações, até mesmo as orações que pensamos que Ele não ouviu. Quando Ele desce do Seu trono para vir ao nosso encontro, Ele faz com que nós sejamos Sua resposta para o mundo. A história da Páscoa nos mostra que Deus traz a resposta Dele através de um vaso humano. Nós lutamos com a nossa relutância e sofremos com os nossos problemas, sob a impressão de que eles são maiores do que a provisão divina. Na história da Páscoa, vemos o quanto Deus foi irredutível em não recuar em relação a usar a Moisés como a boca de Deus; vemos como Ele equipou e ungiu Moisés para executar a Sua vontade. A Páscoa nos dá uma revelação do quanto a provisão de Deus é abundantemente maior do que as nossas limitações. Nesta Páscoa, vamos crer pelo fim da nossa relutância e sofrimento. Nessa geração, Deus está trazendo à luz uma comunidade profética que tem a missão de falar a Sua Palavra para as nações. A Páscoa nos mostra a necessidade de, em primeiro lugar, removermos o fermento da malícia e da maldade dos nossos próprios corações e espíritos para que, ao falarmos a Palavra de Deus, haja uma pureza em nós alinhada à vontade Dele. Pai, nós nos voltamos à Ti e, sem condenação, nós entramos em uma Páscoa de limpeza e purificação. Remova de nós todas as impurezas que a vida sob Faraó causou em nossos espíritos. Com a purificação dos nossos corações, nós temos expectativa pela grande libertação de Pesach.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0417-2PB

Disponível em mp3: “As Leis Do Espírito”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em Shiloh, IA. Sábado, 21 de outubro de 2006. Traduzida por Selma Esteves.

As Leis Do Espírito

Na esfera espiritual existem leis tão reais e fundamentais quanto as que vemos na esfera natural. Essas leis estão em funcionamento quer creiamos e estejamos cientes delas ou não. Esta mensagem nos dá a chave para colhermos as bênçãos e os cumprimentos que são plantados pelo fato de seguirmos as leis do Espírito. Ao nos arrependermos do nosso orgulho espiritual, iniciaremos um novo rumo no nosso caminhar com Deus.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0412-6PB

Disponível em mp3: “Até Quando Iremos Vacilar Entre Dois Pensamentos?”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Domingo, 8 de abril de 2018.

Até Quando Iremos Vacilar Entre Dois Pensamentos?

Em 1 Reis 18:21, “Elias se chegou a todo o povo, e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos?” Agora, de novo, o espírito de Elias, que precede a vinda do Senhor, está nos fazendo a mesma pergunta: “Até quando iremos vacilar entre dois pensamentos?” A partir desta Páscoa, a futilidade foi eliminada e o atraso, encerrado. Mas, eliminar a futilidade sem se encher da Palavra de Deus é futilidade. É vital nos alimentarmos e nos enchermos da Palavra. Como comunidade profética, o nosso desafio é trazer à existência o que não existe, é manifestar a Palavra de Deus. Portanto, comemos a Palavra de Deus (Jeremias 15:16, Ezequiel 3:1, Apocalipse 10:8-11) e “derrubamos raciocínios e toda altivez (…), levamos cativo todo pensamento à obediência de Cristo” (2 Coríntios 10:5). É o fim de vacilarmos entre dois pensamentos. Escolhemos despertar o dom de Deus que há em nós e, sem medo, não permitimos que a futilidade desta era se apodere da nossa forma de pensar.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0412-4PB

Disponível em mp3: “Páscoa — O Fim Da Futilidade Ao Cuidarmos Do Nosso Próximo”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Sábado, 7 de abril de 2018.

Páscoa — O Fim Da Futilidade Ao Cuidarmos Do Nosso Próximo

Êxodo 12:3-4 traz uma nova revelação de como devemos tratar o nosso próximo. Assim como descrito nessas passagens, as famílias pequenas deveriam convidar o seu vizinho mais próximo à casa delas para comerem o cordeiro e passarem o sangue dele nos umbrais da porta a fim de protegê-los; Nós, também, devemos proteger e cuidar do nosso próximo. Só quando fizermos isso, veremos o fim da futilidade no nosso meio. Precisamos orar uns pelos outros para que possamos ser livres do atraso do cumprimento da Palavra de Deus e, assim, julgarmos toda a futilidade de nossas vidas!

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0412-2PB

Disponível em mp3: “A Manifestação Da Quarta Geração É O Cumprimento”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Sexta-feira, 6 de abril de 2018.

A Manifestação Da Quarta Geração É O Cumprimento

A promessa de Deus na Sua aliança original com Abraão cumpriu-se na quarta geração, conforme vemos em Gênesis 15:16: “Na quarta geração voltarão para cá”. Não houve atraso no cumprimento da promessa, houve a conclusão de um tempo determinado para o surgimento e o amadurecimento daquela geração. Portanto, eliminamos a mentalidade de atraso e a frustração pelo que consideramos falta de cumprimento das promessas de Deus. De maneira prática, acionamos o cumprimento da Páscoa, ao nos envolvermos no dia a dia com as gerações mais jovens. Como pais e mães, convertemos os nossos corações aos filhos (Malaquias 4:6) para vivermos o cumprimento juntos, hoje. Esta é a era da família e esse, o sinal de que o Filho do Homem está voltando.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0405-2PB

Disponível em mp3: “O Poder Da Ressurreição Nos Faz Filhos De Deus”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Domingo, 1 de abril de 2018.

O Poder Da Ressurreição Nos Faz Filhos De Deus

Neste dia em que celebramos a ressurreição de Cristo, clamamos para que sejam iluminados os olhos do nosso entendimento a fim de vermos que o poder da ressurreição está sendo projetado sobre nós hoje. É esse poder que nos declara Filhos de Deus, da mesma forma como Cristo “foi declarado Filho de Deus com poder, (…), pela ressurreição dos mortos” (Romanos 1:4). A partir dessa experiência, quebramos os laços com a morte e não vivemos mais sujeitos à escravidão com medo da morte (Hebreus 2:15); pois, “no amor não há medo” (1 João 4:18). Hoje, pela Palavra, experimentamos que o poder da ressurreição de Cristo é nosso e habita em nós agora.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0404-2PB

Disponível em mp3: “Existe Uma Vontade De Deus”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em North Hills, CA. Domingo, 18 de março de 2018. Traduzida por Estêvão Rolando.

Existe Uma Vontade De Deus

Esta Palavra tão simples quanto profunda nos projeta para funcionarmos como uma comunidade profética. Nós temos que crer que existe uma vontade de Deus, e que Deus tem uma vontade para cada um de nós. Jesus disse: “qualquer um que fizer a vontade de Deus, esse é meu irmão, e minha irmã, e minha mãe” (Marcos 3:35). Deus está determinado a nos ver fazendo a vontade Dele — mesmo nos mínimos detalhes da nossa vida cotidiana. Nós precisamos conhecer a vontade de Deus para que possamos focalizar o nosso espírito, a nossa energia e a nossa força em executá-la. A nossa tendência é termos uma atitude passiva quando não sabemos qual é a vontade de Deus, porém, como os homens e as mulheres nos tempos bíblicos, nós deveríamos buscar a vontade de Deus todos os dias e nos determinarmos a fazê-la. Ao crescermos nesse relacionamento de conhecermos e executarmos a vontade de Deus, o Reino de Deus virá à luz. A nossa oração diária é: “Venha o Teu Reino; seja feita a Tua vontade!” A vontade de Deus é a verdadeira força, autoridade e poder no universo e, como uma comunidade profética, nós podemos, de forma ousada, manifestar a vontade de Deus na Terra. Deus ouve aqueles que fazem a vontade Dele, portanto nós oramos: “Senhor, mostre-nos a Tua vontade. O nosso alimento será fazer a Tua vontade”.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0328-6PB

Disponível em mp3: “Casamento De Josiah E Caroline — Vasos De Intercessão”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Domingo, 25 de março de 2018.

Casamento De Josiah E Caroline — Vasos De Intercessão

Neste casamento é renovado o espírito de intercessão entre maridos e esposas que se dão como ventres divinos em dores de parto para que o outro seja tudo o que Deus quer. É neste estilo de vida de intercessão que a unidade prevalecerá em amor.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0328-4PB

Disponível em mp3: “O Plano De Deus Para A Libertação Do Seu Povo”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Domingo, 25 de março de 2018.

O Plano De Deus Para A Libertação Do Seu Povo

Deus está requerendo a manifestação de um povo que seja a Sua resposta para esta geração e, para isso, precisamos abrir mão de focar apenas nas nossas necessidades. Em Êxodo 3:10, diz que Deus comissionou Moisés para falar com Faraó para que ele tirasse do Egito o Seu povo, os israelitas. Moisés, no primeiro momento, relutou contra a vontade de Deus, pois olhou apenas para as suas necessidades, mas Deus o capacitou dizendo: “certamente Eu serei contigo” (Êxodo 3:12). Em nossos dias, precisamos confiar em Deus e parar de relutar contra o que Ele já nos preparou para sermos nesta hora. Precisamos ser purificados e libertos do que nos impede de ser a boca de Deus para julgar deuses e trazer a libertação do Seu povo.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0328-2PB

Disponível em mp3: “A Nossa Páscoa Começa Em Casa”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Sábado, 24 de março de 2018.

A Nossa Páscoa Começa Em Casa

Na preparação para a Páscoa descrita no capítulo 12 de Êxodo, Deus dá instruções específicas a serem seguidas, tal como sacrificar um cordeiro sem defeito e espalhar o sangue dele nos umbrais das portas. Na nossa preparação para a Festa da Páscoa, precisamos sondar os nossos corações e, pelo Espírito Santo, nos perguntarmos: será que temos seguido, nos detalhes, as instruções da Palavra de Deus? Temos recebido instruções de orarmos uns pelos outros, começando dentro de casa. Pais, orem pelos seus filhos; filhos, orem pelos seus pais; maridos e esposas, orem uns pelos outros! A nossa imunidade dependerá da nossa obediência, por amor, à Palavra de Deus. “Senhor, remova de nós a natureza da desobediência!”

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0323-2PB

Disponível em mp3: “Perdão Libera A Eficácia Da Oração”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Quarta-feira, 21 de março de 2018.

Perdão Libera A Eficácia Da Oração

Esta mensagem nos prepara para a celebração da Festa da Páscoa e desvenda uma chave essencial para a eficácia da nossa oração diante do Pai. A profundidade do nosso exercício de perdão é o que libera a eficácia da nossa oração, pois “se não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial não vos perdoará as vossas” (Mateus 6:15). Esse exercício de perdão precisa começar com relação a nós mesmos. As mudanças que buscamos não acontecerão sem oração a qual não tem poder sem perdão que, por sua vez, não funciona sem confissão. “Portanto, confessai os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados. A oração de um justo é poderosa e eficaz” (Tiago 5:16).

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0321-4PB

Disponível em mp3: “Um Relacionamento Íntimo De Oração Com O Pai”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Domingo, 18 de março de 2018.

Um Relacionamento Íntimo De Oração Com O Pai

“Mas tu, quando orares, entra no teu aposento, e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto” (Mateus 6:6). Cristo nos reconciliou com o Pai Celestial para que tenhamos um relacionamento íntimo e individual com Ele. Em Lucas 10:41-42, Jesus disse para Marta: “(…) estás ansiosa e preocupada com muitas coisas, mas uma só é necessária”. Precisamos rever as nossas prioridades, pois tudo o que necessitamos encontra-se no momento de intimidade com o nosso Pai, quando permitimos que Ele fale conosco e nos transforme. Através da Ceia do Senhor, recebemos a provisão para viver em estado perene de oração – “orai sem cessar” (1 Tessalonicenses 5:17), e clamamos: “Senhor, salva-nos de uma vida sem oração!”

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0321-2PB

Disponível em mp3: “Casamento De João E Jordana: Conheçam A Intimidade Do Senhor”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Sábado, 17 de março de 2018.

Casamento De João E Jordana: Conheçam A Intimidade Do Senhor

A expressão usada em Gênesis, “e conheceu a sua mulher” (Gênesis 4:1,25), traz uma conotação de intimidade que transcende a relação física entre um casal. Trata-se de uma intimidade como consequência de um relacionamento íntimo e individual com Deus no qual O conhecemos como também somos conhecidos (1 Coríntios 13:12). Sem a intimidade individual com Deus não há intimidade entre o casal. A restauração dessa dimensão de intimidade com Deus e um com o outro é a porção do casamento de João e Jordana. A chave é a oração contínua de um pelo outro. Restaurar essa intimidade entre um homem e uma mulher é restaurar a definição divina de famílias indestrutíveis.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0316-2PB

Disponível em mp3: “Vitória Sobre A Tirania Da Suspeita”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Quarta-feira, 14 de março de 2018.

Vitória Sobre A Tirania Da Suspeita

Desde os dias do Éden, a serpente plantou suspeita no coração do ser humano. “Esta disse à mulher: É assim que Deus disse?” (Gêneses 3:1). A suspeita é estranha ao amor, pois o amor “não suspeita mal” (1 Coríntios 13:5) e “lança fora o medo que produz tormento” (1 João 4:18). O amor não dá espaço para memórias do passado e não permite que elas sejam uma pedra de tropeço para o futuro. A suspeita conduz ao tormento e à divisão; o amor, à paz e à unidade. O fim da suspeita abre a porta para o amor incondicional entre nós. A primeira obra de satanás, o acusador dos irmãos, foi lançar suspeita a respeito de Deus. Mas Cristo Se manifestou para destruir as obras do diabo (1 João 3:8). Da mesma forma como satanás foi lançado fora do céu pelo sangue do Cordeiro e pela Palavra (Apocalipse 12:10-11), nós assumimos o controle sobre os nossos pensamentos e, pelo sangue de Cristo e pela Sua Palavra, damos voz à vitória sobre a tirania da suspeita em nossas mentes e corações.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0314-4PB

Disponível em mp3: “Páscoa — O Maligno Não Nos Toca”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Domingo, 11 de março de 2018.

Páscoa — O Maligno Não Nos Toca

A esfera do espírito afeta e controla a esfera natural em que vivemos. Em geral, atribuímos os problemas que enfrentamos às pessoas, e não à esfera espiritual. Como preparação para a Festa da Páscoa, assumimos a responsabilidade de reorganizar a esfera do espírito e eliminar toda influência satânica em nossas vidas, “pois já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus” (1 Pedro 4:17). À mesa da Ceia, recebemos a autoridade que já nos foi dada (Mateus 10:1) e celebramos o dia em que o maligno não nos toca (1 João 5:18). Abrimos o coração e, em amor e unidade, assumimos autoridade sobre os espíritos que batalham contra a família e afetam os nossos relacionamentos.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0314-2PB

Disponível em mp3: “”(…) E Sobre Todos Os Deuses Do Egito, Executarei Juízo” – Êxodo 12:12″. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Sábado, 10 de março de 2018.

“(…) E Sobre Todos Os Deuses Do Egito, Executarei Juízo” – Êxodo 12:12

Em cada uma das 10 pragas que Deus trouxe sobre o Egito, Ele julgou um deus específico. Por trás desse julgamento, encontra-se o amor e o ciúme de Deus pelo Seu povo (Isaías 26:11). Agora, pela cruz de Cristo, pelo Seu sangue e pela Sua ressurreição, nos foram dados o direito e a autoridade para julgarmos todos os deuses que nos subjugam. Como preparação para a celebração da Páscoa 2018, planejaremos estrategicamente a nossa libertação. Como família, identificaremos cada espírito que tem nos afetado e, pelo poder da intercessão e da Palavra de Deus, declararemos julgamento e a nossa libertação. Este é o nosso clamor: “Ó Senhor nosso Deus, outros senhores têm tido domínio sobre nós, mas, por ti só, nos lembramos do teu nome” (Isaías 26:13).

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0306-2PB

Disponível em mp3: “Judaísmo: Um Relacionamento De Amor”. Mensagem ministrada por Gary Hargrave em Honolulu, HI. Quarta-feira, 6 de setembro de 2017. Traduzida por Débora Batista.

Judaísmo: Um Relacionamento De Amor

O Judaísmo começou com o amor de Deus por Abraão, Isaque e Jacó, e quando Ele escolheu os judeus como o Seu povo. O Senhor não tomou prazer em vós, nem vos escolheu, porque a vossa multidão era mais do que a de todos os outros povos, pois vós éreis menos em número do que todos os povos; Mas, porque o Senhor vos amava, e para guardar o juramento que fizera a vossos pais (Deuteronômio 7:7-8). A oração do Sh´ma feita pelo povo judeu é prova de que todo o relacionamento da fé judaica está arraigado e firmado em amor: Ouve, ó Israel, o Senhor nosso Deus é um! Amarás, pois, o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças (Deuteronômio 6:4-6). O Judaísmo não se resume em legalismo e mandamentos. É um relacionamento de amor profundo entre Deus e o Seu povo. A palavra Torá significa instrução. Ela contém as instruções do Pai de amor, ensinando Seus filhos um estilo de vida. O Cristianismo se divide do Judaísmo ao afirmar que não se encontra mais debaixo da Lei. No entanto, quando Jesus nos dá um novo mandamento (João 13:34), na verdade Ele ratifica o Judaísmo e reafirma o Seu amor pela instrução básica do Judaísmo: Mestre, qual é o grande mandamento na lei? E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. Este é o primeiro e grande mandamento. E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas (Mateus 22:36-40). Esse é o ensinamento da Torá! Essa instrução do Judaísmo é dada ao mundo todo! Nossa obediência a esse mandamento é o caminho para a vida eterna (Lucas 10:25-28). Senhor, abra nossos corações para vermos que o Senhor tem nos dado uma única mensagem. O nosso caminhar contigo e a nossa fé precisam estar arraigados em um relacionamento de amor. Ajude-nos a receber o Seu amor, e ajude-nos a enviar esse amor de volta a Ti com todo o nosso coração, toda nossa força, com tudo que somos. E ajude-nos a amar uns aos outros assim como o Senhor nos amou.

R$5,95
-12%
Novo

Nº Publicação: 2018-0228-2S

Disponível em MP3: Coletânea da Escola de Profetas — Monte Sião 2018. Esta coletânea inclui todas as mensagens ministradas durante a Conferência Anual “Escola de Profetas 2018”, que aconteceu na Igreja da A Palavra Viva em Monte Sião, Niterói, RJ.

R$39,99 R$35,00

Nº Publicação: 2018-0223-4PB

Disponível em mp3: “A Carreira É Sua!”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Terça-feira, 13 de fevereiro de 2018.

A Carreira É Sua!

Nestes dias de Escola de Profetas, percorremos uma jornada muito intensa no que diz respeito ao conhecimento do nosso próprio espírito. Hebreus 12:1 diz que temos uma carreira proposta e, que para segui-la, devemos “deixar todo o embaraço e o pecado que tão de perto nos rodeia”. Precisamos permitir que os relacionamentos designados que temos em nossas vidas nos corrijam. O caminho para o amadurecimento é pela conexão e, a partir de hoje, assumimos a responsabilidade de sermos conduzidos ao nível da filiação através da correção.

R$5,95

Nº Publicação: 2018-0223-2PB

Disponível em mp3: “O Fundamento De Uma Igreja Local É O Amor”. Mensagem ministrada por Silas Esteves em Monte Sião, Niterói. Segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018.

O Fundamento De Uma Igreja Local É O Amor

1 Tessalonicenses 2:5-12 traz o fundamento para o funcionamento de uma Igreja Local. A expressão de amor definida por Paulo como a de uma “mãe que acaricia seus próprios filhos” e como de um “pai a seus filhos” (1 Tessalonicenses 2:7,11). A Igreja Local precisa ser uma família, onde pais e mães espirituais amadurecem filhos através do amor. Que o Senhor nos dê corações que transmitem o Seu amor e nos limpe dos condicionamentos de uma igreja que não ama. Que sejamos capazes de cumprir o único mandamento que Jesus nos deixou: que amemos uns aos outros como Ele nos amou (João 13:34).

R$5,95